LOTE 009

Imóvel em Área Rual Com Benfeitoria - Aquidauana/MS

As fotos são meramente ilustrativas
Aberto para Lances
MAIOR LANCE NO MOMENTO

LANCE INICIAL

R$ 0,00

incremento: R$ 1.000,00
visualizações: 075
encerra em:
00 dia(s), 00 h : 00 m : 00 s
Data do encerramento
Início do Leilão
às
Grupo Energisa S/A - Mato Grosso do Sul
LEILÃO EXTRA-JUDICIAL
Online
09/Dez/2019 14:30 h
LANCE INICIAL: R$ 0,00
Local do Leilão: - Ribeirão Preto - SP

Últimos Lances

()
Compartilhar:    
Detalhes do Lote

Comitente: Energisa Mato Grosso do Sul - Distribuidora de Energia S/A

Cidade: Aquidauana/MS
Endereço: Avenida Brasil, Lote S/N Quadra 19

Descrição: AQUIDAUANA/MS– LOTE DE TERRENO EM ÁREA RURAL, PLANO, DE FORMATO REGULAR, SEM RESTRIÇÕES DE USO E OCUPAÇÃO. EXISTÊNCIA DE UMA CASA TÉRREA E UM PRAÇA EDIFICADA SOBRE O TERRENO. – Imóvel Matrícula 5.973 em nome de ENERSUL – Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul S/A.
Imóvel:- Um lote de terreno urbano situado no Distrito de Cipolandia, com as seguintes confrontações: 50,00 metros na Rua D a partir da Rua 2, 120,00 metros na Rua 2 a partir da Rua D, 50,0 metros na Av. Brasil a partir da Rua 2 e 120,00 metros com a próprio Municipal, com a área de 6.000,00 m2, localizado na quadra n° 19. imóvel em “AD CORPUS”. Situado à Av Brasil esquina com a Rua Propércio Simão Mendes (Antiga Rua 2), bairro Distrito de Cipolândia lote s/n da quadra 19 – AQUIDAUANA/MS, objeto da Matrícula nº 5.973 do 1° Serviço Notarial e de Registro de Imóveis Comarca de Aquidauana/MS
Localização do Imóvel

Endereço: Avenida Brasil, Lote S/N Quadra 19 - Distrito de Cipolândia
Cidade: Aquidauana / MS - CEP: 79200-000

Observações do Lote

Observações:

  • Imóvel sem débitos municipais (consulta em Junho/2019)
  • Imóvel desocupado

    IMPORTANTE: Os imóveis terão valor de lances livres, e se arrematados terão sua venda/alienação condicionada à aprovação da Diretoria Executiva e/ou do Conselho de Administração das Comitentes Vendedoras, o que poderá ocorrer no prazo de até 25 (vinte e cinco) dias a partir da data de realização do leilão. Nestes casos, o prazo para lavratura das escrituras só correrá a partir da data da referida aprovação. Caso, eventualmente, a Diretoria Executiva e ou Conselho de Administração das Comitentes Vendedoras não aprovem a alienação do imóvel, considerar-se-á automaticamente resolvido o negócio, sem aplicação de quaisquer penalidades, sendo devido ao arrematante tão somente a devolução dos valores efetivamente pagos às Comitentes Vendedoras e/ou ao leiloeiro (comissão), sem qualquer tipo de acréscimo ou correção.   

          PARA MAIS INFORMAÇÕES, ACESSE O EDITAL COMPLETO!